Esporte

Em jogo polêmico, Vasco vence o São Paulo em São Januário

Com Gols de Thales Magno e Fellipe Bastos, Vasco apresentou um bom futebol e venceu a partida.

O Vasco da Gama enfrentou o São Paulo no último domingo (25), em São Januário, e venceu. Durante a partida, o time da casa apresentou um futebol superior ao do adversário.

Aos 32 minutos do primeiro tempo, houve uma expulsão. O jogador do time tricolor Raniel acertou um chute na cabeça de Richard, da equipe cruzmaltina. Após consultar o VAR por quatro minutos, o árbitro Anderson Daronco levantou o cartão vermelho.

Após a expulsão, o São Paulo foi superior, mas o peso de jogar em casa fez o Vasco lutar pela vitória. Os gols ocorreram durante o 2º tempo. Aos 12 minutos , Thales Magno, de 17 anos, fez seu primeiro gol pelo Vasco e aos 35 minutos, Felipe Bastos balançou as redes. 

O jovem Thales Magno, de apenas 17 anos, marcou seu primeiro gol como profissional. (Foto: Reprodução/ Twitter)

Aos 19 minutos do 2º tempo, a torcida vascaína começou a entoar “Time de veado”, como forma de provocação ao São Paulo, já que o time tricolor é constantemente associado aos homossexuais. O árbitro se irritou e exigiu ao técnico Vanderlei Luxemburgo uma mudança na postura da torcida vascaína.

O estudante de jornalismo e torcedor do Vasco Felipe Pereira, reprovou a atitude da torcida. “O clube sempre foi conhecido pelo respeito a todos, foi um dos primeiros times brasileiros a receber jogadores negros. Então, a atitude da torcida no jogo de ontem é lamentável. Suja a imagem do Vasco”, conta o estudante.

O clube pode ser punido pela atitude da torcida. O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) está avaliando o corrido. Caso seja punido, o Vasco pode perder três pontos no Campeonato Brasileiro.

Gabriel Murillo Monteiro – 7º Período

2 comentários em “Em jogo polêmico, Vasco vence o São Paulo em São Januário

  1. A Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) revogou na tarde desta quarta-feira (14), a prisão preventiva do comendador Frederico Muller Coutinho, líder da empresa Ello / FMC, um dos empreendimentos suspeitos de praticar a contravenção do jogo do bicho em Cuiabá.

    Durante sessão, os desembargadores Juvenal Pereira da Silva e Gilberto Giraldelli seguiram o voto do relator, desembargador Rui Ramos. Este, informou que as acusações que pesam contra Frederico são “idênticas” aos 12 alvos que foram soltos no dia 7 de agosto. Coutinho deverá deixar o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC).

    “Concedo o habeas corpos da mesma forma porque não apresenta nenhum antecedente criminal, igual aos demais, de forma que aquelas medidas que nós colocamos parecem suficientes para conter esta atividade, com bloqueio de valores e colocação de monitoramento eletrônico”, explicou Ramos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s