Mais de 50 toneladas de gigogas são recolhidas na Praia da Barra

Funcionários de limpeza urbana atuam para retirar acumulo de lixo e vegetação nas Ecobarreiras

A Comlurb trabalha para a retirada de dezenas de toneladas de gigogas na Praia da Barra da Tijuca, localizada na Zona Oeste do Rio. A ação do órgão de limpeza começou já na segunda-feira (3), e se estende, ainda sem término, até esta quinta-feira (6). O aparecimento de gigogas está diretamente relacionado à poluição da água por excesso de esgoto e vem se intensificando nos últimos anos.

A bióloga Júlia Pavezi, alerta que a ação de retirada em massa das gigogas virou uma rotina anual da Prefeitura e da Comlurb, sinal de que há algo de errado. “As autoridades sabem que a proliferação dessa vegetação é consequência das águas poluídas, pois é o ambiente ideal para que elas cresçam e se multipliquem. Mas a preocupação maior deles acaba sendo na retirada periódica das plantas, ao invés de combater a raiz do problema: despoluição das lagoas e baías.”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Também chamada de “Aguapés”, as gigogas fazem parte do equilibro do ecossistema, porém seu aparecimento em larga escala indica alta poluição / Fonte: VisualHunt

Gigogas                                                                           

É uma espécie de planta flutuante que aparece em água doce ou salobra. Se prolifera rapidamente mesmo em águas poluídas, pelo fato de terem alta tolerância à substâncias contaminadoras, como rejeitos de lixo e metais pesados. O aparecimento de enormes quantidades desta planta é um forte indicativo de que aquele ambiente aquático tem um alto nível de contaminação.

Sua movimentação em grande quantidade pode causar o entupimento de canais de esgoto, rompimento de Ecobarreiras e inutilização de águas de praia, por exemplo. Apesar de estar associada à poluição aquática, há estudos que trabalham na utilização desta planta como ativo “absorvente” para despoluição de certas áreas, pois também agem como filtro de matéria orgânica. No mais, em seu habitat de origem, serve de abrigo e alimento para peixes pequenos.

Victor Leal  – 7º período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s