Colégio em Nilópolis realiza evento para valorizar a cultura indígena

Estudantes apresentaram danças e peças teatrais, além de receberem a presença de uma indígena da tribo Fulni-ô

O ano de 2019 foi constituído o “Ano Internacional das Línguas Indígenas”. Em virtude disso, o Colégio Estadual Aydano de Almeida, em Nilópolis – RJ, realizou no dia 04 de junho, o projeto A Comunicação Sempre Acrescenta. Com objetivo de valorizar a cultura indígena, o evento apresentou inúmeras atrações realizadas  pelos estudantes.

Painel representando o Projeto (Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA)

Os alunos estavam caracterizados de índios, com direito à pintura facial, cocar e penas. Houve danças e apresentações teatrais. Uma versão de Iracema, obra de José de Alencar, foi encenada, além de uma peça sobre a tragédia em Brumadinho, que afetou alguns  aborígines que viviam próximos à região. Além disso,  alguns estudantes apresentaram Freestysle e Beatbox sobre a cultura indígena.

BeFunky-collage (1)
Alunos da escola em apresentação. Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA

Para muitos discentes, o evento foi muito gratificante, é o que comenta a aluna Mariana Goulart, de 17 anos. “Um professor meu de filosofia sempre dizia que quanto mais cultura você conhece, menos preconceituoso você se torna, então esse projeto foi de grande valia”. 

Representação da tragédia de Brumadinho – MG. (Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA)

A diretora geral Viviane Balducci elogiou o empenho dos alunos. “Todos se envolveram muito, fizeram trabalhos lindos, se caracterizaram. Foi muito gratificante viver um pouco da cultura indígena dentro da escola”.

BeFunky-collage (2)
O projeto se propôs a valorizar a cultura indígena. (Foto: Gabriel Murillo)

Um dos momentos mais impactantes do evento foi a palestra da indígena Salma Pontes, integrante da tribo Fulni-ô. Conhecida pelo nome nativo de Nwda, ela compartilhou um pouco de sua cultura. “Quando participo de palestras, gosto muito de interagir com as pessoas. Notei que os alunos estavam bem interessados, fizeram boas perguntas”.

Palestra com a indígena Salma Pontes. Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA

Salma expôs sua luta pelos direitos dos povos aborígines . “Os governantes querem acabar cada vez mais com os indígenas, mas a gente vem lutando para a nossa visibilidade, porque atualmente o povo indígena é invisível”.

A indígena Salma Pontes vem lutando pelos direitos dos povos aborígines e, especificamente, os das mulheres. (Foto: Gabriel Murillo / Agência Uva)

Salma também declarou sua insatisfação com o trabalho da FUNAI (Fundação Nacional do Índio). “O objetivo da FUNAI é demarcar terras e impedir a invasão do homem branco, mas isso não acontece. Qual é o papel da FUNAI? Seu papel, ela não assume”.

As diretoras Viviane Balducci e Tônia Azevedo ficaram muito felizes com a presença da indígena Salma Pontes. (Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA)

O aluno Alexsandro Carneiro, de 17 anos, compartilha da luta de Salma. “Eu acho indignante ter de fazer um trabalho para lembrar que os fundadores do meu país estão sendo extintos por uma população branca”.

A estudante Bianca Moreira, de 16 anos, também se sente indignada com a condição dos índios no Brasil. “É triste ver mais uma vez a falta de postura, piadinhas e preconceito com a nação indígena. O mais triste é isso”.

Os alunos ficaram encantados com a visita da indígena Salma Pontes. (Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA)

Com o projeto A Comunicação Sempre Acrescenta, os alunos do Colégio  Estadual Aydano de Almeida comprovaram que os indígenas não são invisíveis. É possível enxergar sua luta e ouvir suas vozes.

Exibição de cartaz do projeto. (Foto: Gabriel Murillo / Agência UVA)

“Viva aceso, olhando e conhecendo o mundo que o rodeia, aprendendo como um índio(…) seja uma índio na sabedoria” (Darcy Ribeiro).

Gabriel Murillo Monteiro – 6º Período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s