Educação

FIES 2019: estudantes enfrentam problemas para ingressar em universidades

Alunos se queixam das dificuldades para se matricular nas faculdades privadas do país

Alunos se queixam das dificuldades para se matricular nas faculdades privadas do país

Nas redes sociais, muitos estudantes estão expressando as suas indignações com o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) – programa responsável por financiar cursos de graduação em universidades privadas – devido aos problemas com o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI). O transtorno reflete diretamente nas matrículas da chamada regular e, por consequência, causa atraso na lista de espera do FIES. O resultado dos selecionados saiu no dia 25 de fevereiro e os alunos precisam assinar o contrato até 10 de abril. Porém, com essa burocracia existente, o processo se tornou ainda mais dificultoso.

edit_vac_20181104_1974
Candidatos aguardam abertura do portões do UniCEUB para o primeiro dia de provas do Enem 2018 (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

Constrangimentos e reclamações são inúmeros

Uma das estudantes nessa situação é Jéssica Andrade, de 20 anos. Aprovada em Odontologia na Universidade Salgado de Oliveira, no Rio, a jovem encara o problema desde quando saiu o resultado no dia 25. Ela foi diversas vezes na instituição de ensino e na Caixa Econômica Federal em busca de solução, já que o seu DRI estava vindo com problema – no caso dela, sem a chave de segurança e número de inscrição do estudante. Ela afirma que o Ministério da Educação (MEC) não estava migrando os dados para o banco. Dessa forma, Jéssica não conseguiu se matricular na faculdade até agora. “Provavelmente já perdi o primeiro semestre de 2019, tendo em vista que as aulas se iniciaram em fevereiro e já está em período de provas. Já se passou mais de um mês e até agora não tenho nenhuma posição ou previsão de quando isso vai ser resolvido”, lamenta.

Quem também está tendo o problema é Gislaine Cristina, de 20 anos, aprovada em Pedagogia na União das Faculdades dos Grandes Lagos, São Paulo. Ela diz que desde janeiro estão anunciando a abertura dos aditamentos, mas até agora nada. A data foi prorrogada por mais 30 dias e as provas de Gislaine já começaram mas, ao que parece, as suas notas não valerão porque ela não tem o aditamento ainda. “Preciso do DRI que é um documento que a faculdade me libera só depois de concluir o aditamento. Se minhas notas não valerem, eu vou ter que desembolsar R$ 150 para pagar as provas substitutivas, dinheiro esse que eu não tenho”, declara.

Késia Campos, de 28 anos, é estudante do curso de Psicologia do Centro Universitário Una, em Belo Horizonte, e também relata dificuldade com a DRI. “Meus dados não chegaram na Caixa Econômica. Primeiro demorou muito pra que ela saísse com data, cerca de 20 dias. Com esse problema da DRI normalizado, meu CPF até hoje não chegou ao banco”, explica.

Hellen Alves, de 31 anos,  foi aprovada na Unimonte – São Judas (Santos -SP), em Pedagogia no dia 25 de fevereiro. Ela compareceu na instituição com toda a documentação necessária  logo no primeiro dia que podia, 1º de março, e pegou a DRI. Na quarta-feira de cinzas (6) foi até o banco e lá foi vista uma falha na DRI: não constava a chave de segurança. Sem essa chave, não havia como localizar no sistema do banco. Desde então, foram dias de luta tentando resolver o problema. Mas nada solucionado até agora e ela está no seu quarto DRI.

Toda essa situação tem causado um transtorno emocional e psicológico para Hellen. Ela passa todas as tardes falando no grupo de estudantes do FIES, no Facebook. Sem ter um tempo de lazer e conseguir dar atenção aos dois seus filhos pequenos, de 8 e 11 anos, acompanhando as suas lições casa. São horas dedicadas à tentativas de resolver o problema, falando com muitas pessoas, incluindo políticos e jornalistas. Além de tudo isso que a afetou, a maior perda que ela teve foi do prazo máximo para a matrícula, que era até hoje. “Eu não me matriculei, porque não tenho condição de me matricular sem a aprovação do banco, sem o contrato. Eu não posso assumir uma dívida que eu não sei se o banco vai resolver, porque o MEC não responde”, afirma.

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em esclarecimento aos problemas relatados divulgou a seguinte nota:

“Foi identificado um problema sistêmico que tem impedido a troca de informações com o agente financeiro em relação aos candidatos pré-selecionados do Fies referente a este primeiro semestre de 2019. Nesse contexto, de acordo com o Edital SESU/MEC nº 1, de 2.1.2019, item 6.2 das disposições finais, os estudantes não serão prejudicados em relação ao prazo para contratação do financiamento tendo em vista que haverá prorrogação e, assim, poderão contratar normalmente o financiamento estudantil, desde que atendidos os demais requisitos para concessão do financiamento, nos termos da Portaria MEC nº 209, de 2018, e dos normativos vigentes da modalidade Fies. Veja abaixo trecho de edital que aponta essa possibilidade:

 

6.2. Exclusivamente para a modalidade Fies, em caso de erros ou da existência de óbices operacionais por parte da IES, da CPSA, do agente financeiro ou dos gestores do Fies, que resultem na perda de prazo para validação da inscrição e contratação do financiamento pelo CANDIDATO pré-selecionado, a SESU/MEC ou o agente operador do Fies, a depender do momento em que o erro ou óbice operacional for identificado, poderão, até o dia 30 de junho de 2019, adotar as providências necessárias à prorrogação dos respectivos prazos, nos termos do art. 107 da Portaria MEC nº 209, de 2018, após o recebimento e avaliação das justificativas apresentadas pela parte interessada e, se for o caso, autorização da SESu/MEC sobre a existência de vagas.”


Ana Carolina Aguiar – 6° Período

 

0 comentário em “FIES 2019: estudantes enfrentam problemas para ingressar em universidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s