Política

Bolsonaro afirma que intenção não é comemorar golpe de 64

Presidente afirmou que objetivo é "rememorar" o acontecimento, e não exalta-lo

Presidente afirmou que objetivo é “rememorar” o acontecimento, e não exalta-lo

Nesta quinta-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro voltou atrás com relação à polêmica causada pela suposta determinação de que os quartéis do exército deveriam celebrar o golpe militar de 1964. Bolsonaro afirmou que o objetivo da data é apontar possíveis erros e acertos do regime, que possam contribuir para o “bem do Brasil no futuro”.

47433134882_bbba79a794_odf
Bolsonaro em comemoração do aniversário de 211 da Justiça Militar Foto: Reprodução / Agência Brasil

A nova declaração de Bolsonaro vai contra o que foi falado pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros. Na última segunda-feira, ele afirmou que, à mando do presidente, os quartéis deveriam prestar as “comemorações devidas” ao aniversário de 55 anos do golpe que culminou em uma ditadura que durou 21 anos.

Na última quarta-feira (27), o Ministério Público Federal (MPF) recomendou às Forças Armadas que se abstenham de qualquer comemoração em referência ao golpe no dia 31 de março e que teria 48 horas para informar as medidas tomadas. Apesar disso, nesta quinta-feira, o Exército lançou um ofício afirmando que irá manter as comemorações.


Victor Leal – 7º Período

1 comentário em “Bolsonaro afirma que intenção não é comemorar golpe de 64

  1. Pingback: Ditadura militar brasileira completa 55 anos | AgênciaUVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s