Internacional

Primeiros casos de cólera são registrados em Moçambique

A passagem do ciclone Idai deixa mais de 460 mortes e escassez de alimentos

A passagem do ciclone Idai deixa mais de 460 mortes e escassez de alimentos

Nesta quarta-feira (27), o governo moçambicano divulgou um surto de cólera. Já são cinco casos confirmados em Beira, região litorânea do país, além de 2700 pessoas com diarreia – um dos principais sintomas da doença – também existe a possibilidade de outras doenças como tifo e malária se expandirem.

moçam
Com a passagem do ciclone Idai, a cidade de Beira sofre surto de cólera, doença transmitida por água e alimentos contaminados Foto: Reprodução/ Agência Brasil

O ciclone Idai que atingiu Moçambique no último dia 14 de março afetou 1,9 milhões de pessoas e deixou 460 mortes. Desde então, a população está sofrendo com enchentes e falta de água e comida. As avaliações iniciais indicam que em Beira há mais de 2600 salas de aula e 11 mil casas destruídas, além de 39 centros que sofreram graves danos. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) está recolhendo doações para ajudar crianças desabrigadas.

O que é cólera?

Cólera é uma doença bacteriana infecciosa transmitida por água e alimentos contaminados. Essa infecção faz com que o corpo secrete grandes quantidades de água, levando à diarreia e a uma rápida perda de fluidos e sais importantes. Em aproximadamente 80% dos casos, os sintomas da cólera são leves ou moderados e devem ser tratados somente por meio da administração oral de líquidos ou soro.


Tainá Valiati – 7º Período

 

 

0 comentário em “Primeiros casos de cólera são registrados em Moçambique

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s