Esporte

Só deu Brasil

Começou, nesta quarta (18), mais um evento-teste para os Jogos Paraolímpicos do Rio, no Engenhão. O evento reúne 316 atletas de 23 países até sábado. Mesmo com o dia chuvoso a delegação brasileira estava confiante e consegui obter bons resultados nas provas de atletismo. O país foi muito bem representado pelos competidores que marcaram presença em todas as finais.

751c34c3-1b6c-4fed-9c68-cbaadafaa20d
Terezinha Guilhermina e Rafael Lazarine [foto: Brigida Brito/Agência UVA]

Os favoritos do dia, Alan Fonteles e Terezinha Guilhermina, Confirmaram a fama. O primeiro conseguiu se classificar para semifinal com o tempo de 12seg25cen e afirmou que a pista em ótimas condições. Mistura perfeita para manter o foco e dar o melhor de si nas provas paraolímpicas. “As expectativas são grandes, há quatro anos eu estava correndo em Londres e agora vou poder fazer isso em casa”, comenta o medalhista de ouro que venceu Pistorius.

Compartilhando do mesmo otimismo, Terezinha está bastante confiante para os jogos. “Eu estou treinando bastante, principalmente a parte técnica que é uma coisa que eu nunca tinha feito antes e já estou vendo os resultados”, completa a bi campeã paraolímpica.

A prova de 100 metros rasos feminino foi uma das disputas mais acirradas do dia. Lorena Salvatini e Terezinha Guilhermina foram as protagonistas. As duas disputaram a vaga da final até o último segundo e quem acabou levando a melhor foi Lorena que competiu pela primeira vez nesse tipo de prova, já que a sua modalidade é a de salto a distância. Com um tempo de 12s24 – melhor marca da carreira – ela ainda disse ser uma sensação única competir em casa. Terezinha, que é uma das melhores atletas de sua categoria, ainda irá participar de outras provas até o final do evento.

684ca861-aa57-40b6-b5fd-83f0e18ab8f0
Felipe Gomes [foto: Brigida Brito/Agência UVA]

Durante alguns momentos do dia, a chuva apareceu, o que não atrapalhou os atletas na hora de competir. Felipe Gomes, que disputou os 100m rasos, e também se classificou para a semifinal, irá ainda participar das provas de 200m e 400m rasos, além do revezamento. Todavia, o atleta tem Daniel Mendes como o principal rival na corrida de maior distancia. “Meu objetivo pessoal e estar no pódio nas quatro provas que irei competir, e estou bem rankeado em todas elas”, comenta Gomes.

Toda a delegação brasileira concorda que a pista de competição, está bem veloz e que como foi feita ha pouco tempo, ela ficará ainda mais rápida até os Jogos Paraolímpicos. Com tanta expectativa por parte dos atletas e da torcida brasileira que esteve presente no estádio hoje, uma coisa que não irá faltar será força de vontade.


Juliana Favorito- 5º Período

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

0 comentário em “Só deu Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s