Esporte

Brasileiras brilham na ginástica rítmica

Nesta quinta-feira (21), aconteceu o evento teste de ginástica rítmica na Arena Olímpica na Barra da Tijuca. As ginastas do individual fizeram os quatro aparelhos – arco, bola, fita e maças. Muitas pessoas aproveitaram o feriado prolongado para poder acompanhar de perto o aquecimento para os Jogos olímpicos Rio 2016.

imageAbrindo o dia no aparelho de arcos, Natália apresentou pela primeira vez no Brasil a nova série de arcos, com a música Smells Like Teen Spriti, da banda Nirvana. Apesar da estreia, a nota não foi tão boa quanto o esperado. A série. Teve 14.566 como pontuação, já que infelizmente o arco saiu do tablado no fim da rotina.

Na série de bola, embalada por Bandolins de Oswaldo Montenegro, a ginasta garantiu 15.883. Com uma coreografia forte e bastante marcando nas maçãs, Nathália tomou conta do tablado ao som de Drácula, de Wojciech Kilar, onde conseguiu 16.350 pontos. Ela fez uma apresentação para ninguém botar defeito, porém, o grau de dificuldade não foi tanto atraente quanto o restante.

Mas não acaba por aí. A categoria fita foi a última da noite. Natália surpreendeu o publico no aparelho em que ela não costuma tirar notas tão altas, mas toda a sua dedicação e esforço para esse evento valeu a pena. Ela entrou na arena ao som de muito samba que rendeu a ela 16.466 pontos. A Natália Gáudio não conquistou a vaga para a final, mas realizou ótimas séries na qualificatórias e garantiu a maior nota da carreira na fita.

Ontem (22), foram realizadas as provas de conjuntos com as brasileiras Eliane Sampaio, Francielly Pereira, Gabrielle Silva, Jéssica Maier, Maiara Cândido e Morgana Gmach. As meninas foram as primeiras a se apresentarem na série de cinco fitas e entraram no tablado ao som de Aquarela do Brasil, interpretado por Ivete Sangalo, e onde alcançaram 14,883 pontos.

image
Seleção brasileira de conjunto de ginástica rítmica

O Brasil se superou mesmo na categoria mista de arco e bola, alcançando 16.183 pontos, a terceira maior nota do dia no aparelho. Na soma, o grupo ficou com 31, 066, ocupando o quinto lugar. Alemanha (33,183), Uzbequistão (32.832) e Grécia (31.982) foram as finalistas e garantiram a vaga no Rio 2016.

Fechando com chave de ouro o último dia de evento, Melitina Staniouta, da Bielorrússia, Sabina Ashirbayeva, do Cazaquistão e Nicol Ruprecht da Áustria, fizeram apresentações excepcionais e garantiram a vaga para as Olimpíadas 2016.


Brigida Brito – 7 período

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

0 comentário em “Brasileiras brilham na ginástica rítmica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s