Esporte

Cielo nao vai a final e vê brasileiros brilharem

Em um dia onde Thiago Pereira confirmou o favoritismo e venceu a prova dos 200m Peito Masculino, Nicolas Oliveira e Thiago Teixeira Simon – ambos do exército brasileiro – roubaram a cena ao surpreender o público batendo o tempo necessário para participar dos Jogos Rio 2016. Já o único medalhista de ouro do Brasil, César Cielo, ficou na primeira fase, isto se deu por conta do atleta da Fiat/Minas preferir não se desgastar e focar na prova dos 50m Livre. Com a ausência da estrela, o nadador Marcelo Chierighini, do Pinheiros, foi o queridinho da torcida e conquistou uma medalha de ouro nos 100m Livre.

DSC07529.JPG
Detalhe do movimento do atleta Thiago Pereira 

Mesmo com poucos estrangeiros na fase final, O australiano Santo Condorelli conquistou a 3ª posição na categoria de 100m Livre Masculino, mesma prova que teve Marcelo Chierighini em primeiro e Nicolas Nilo em segundo. Já entre as mulheres, a chinesa Shuang Li ganhou a medalha de ouro nos 200m Borboleta Feminino.

DSC07400
Chinesa Shuang Li disputando a primeira colocação com a brasileira Joanna Maranhão

Ainda que tenha conquistado a vitória, a chinesa não conseguiu o Índice Olímpico e, consequentemente, nenhuma outra atleta da prova. Mesmo sem muito brilho, a disputa entre as mulheres só ficou interessante quando, na arquibancada, a “torcida particular” da campeã da Final B, Gabriela Adim, deu um show de euforia na reta final.

Falando em torcida, a competição contou com um número bem reduzido de apoiadores, isto se deu por conta do difícil acesso aos ingressos por parte do público. A CBDA não abriu a venda desses bilhetes e também não permitiu a entrada do grande público. Atitude oposta a tomada pela organização do evento-teste de Tiro Esportivo, em Deodoro.


Iago Moreira- 5º Período

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

1 comentário em “Cielo nao vai a final e vê brasileiros brilharem

  1. Pingback: Em dia comemorativo, militares brasileiros dominam as águas |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s