Esporte

Revelação de tradicional escola de boxe da Tijuca impressiona Mestre Claudio Coelho

Vitor Magno, de 17 anos, é uma das principais revelações do boxe nos últimos tempos. Isso na opinião do mestre Claudio Coelho que já treinou atletas como o ex-campeão mundial Acelino Popó Freitas, Vitor Belfort e Glover Teixeira ambos do UFC.
O jovem lutador vem se destacando nos treinos e nas lutas realizadas em uma academia da Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, onde treina desde 2011. Enquanto ainda não participa de lutas oficiais, Vitor participa de desafios com lutadores de outras academias. Tudo dentro dos moldes das disputas do boxe olímpico.
Esses atletas são a base para a seleção brasileira de boxe. Parte da equipe é composta por lutadores dos fuzileiros navais da Marinha do Brasil e boxeadores do Exército Brasileiro, que disputam competições militares regularmente.
Vitor já venceu diversos desafios desse tipo e está invicto nessas disputas. O que justifica o entusiasmo do mestre Claudio Coelho com o seu talento. “É um talento nato, mas estamos trabalhando com calma para não desperdiça-lo”, afirmou o treinador.
Como tudo começou
Vitor começou a treinar boxe com doze anos junto do seu irmão mais velho em uma academia no Méier, no subúrbio do Rio de Janeiro. Na época não demonstrava ter todo esse talento. Era esforçado e treinava duro todos os dias, mas acabou tendo que largar o esporte.
Ele e sua família mudaram do bairro e Vitor teve que adiar o sonho de se tornar um lutador de boxe. Esse tempo sem praticar atividade física teve um custo alto para sua saúde: engordou bastante nesse período chegando a pesar mais de 100 kg.
Quem tratou de colocar o rapaz em forma foi seu irmão mais velho André Magno, que lhe deu aulas de boxe no quarto de um apartamento da Glória, onde moravam. Os treinos eram diários e intensos. “Muitas vezes pensei em desistir mas sabia que era para o meu bem”, lembra o lutador.
Com as aulas de boxe no apartamento e os treinos de condicionamento físico realizados no Aterro do Flamengo, Vitor conseguiu chegar ao seu peso ideal. Ele dá todo crédito ao seu irmão que o incentivou a cada minuto daquele período.
“Ele me dizia que ia me colocar em forma, que bastava eu me dedicar que eu iria emagrecer. Treinávamos muito, todos os dias. Tinha dias que eu passava mal, queria desistir e ele sempre me incentivando dizendo que acreditava em mim e que eu devia continuar. Corríamos juntos e em oito meses de trabalho duro recuperei a boa forma”.
O rapaz tomou gosto pela a atividade física e passou a treinar sozinho todos os dias, mas sua paixão sempre foi o boxe então decidir colocar à prova os treinos dados por seu irmão matriculando-se em uma academia de boxe na Tijuca. Foi nesse momento que teve uma grata surpresa.
Logo nos primeiros treinos se destacou chamando a atenção do Mestre Claudio Coelho, principal treinador da academia. “Assim que comecei a treinar lá, ele disse que eu era diferente e me deu uma atenção especial, corrigiu alguns defeitos e me ensinou muitas coisas novas”, lembra o jovem lutador.
Atualmente o projeto de preparação é para as olímpiadas de 2016. Vitor pretende representar o Brasil e trazer o ouro olímpico. “É um sonho que eu tenho e corro atrás dele todos os dias a cada treino sinto que estou melhorando e que posso desempenhar um bom papel numa grande competição, devo isso a todos que me apoiaram e me fizeram chegar até aqui.”

Marcelo dos Santos Silva – Jornalismo Digital – 6º período

0 comentário em “Revelação de tradicional escola de boxe da Tijuca impressiona Mestre Claudio Coelho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s