Geral Sociedade

Ônibus que liga Tijuca à Barra agrada usuários, mas permanência é incerta

Linha experimental de trajeto Praça Afonso Pena – Passarela da Barra está em fase final de avaliação da Prefeitura do Rio de Janeiro que decidirá possível efetivação

Ponto final da LECD 6 na Tijuca fica na Praça Afonso Pena e é para dois carros (Foto: David Nascimento)
Ponto final da LECD 6 na Tijuca fica na Praça Afonso Pena e é para dois carros (Foto: David Nascimento)

A linha de ônibus experimental LECD 6, que liga a Tijuca à Barra da Tijuca, passando pelo Alto da Boa Vista, agradou os usuários que precisam desta ligação para ir da Zona Norte à Zona Oeste do Rio de Janeiro diariamente, com a possibilidade de integração pelo Bilhete Único Carioca. Porém, a permanência dela nas ruas ainda é incerta.

Em circulação desde o dia 12 de setembro, a viabilidade dela está em fase final de avaliação pela Secretaria Municipal de Transportes. Os técnicos da Prefeitura devem dar o parecer sobre esta linha até o próximo dia 12, podendo prorrogar os estudos por mais 60 dias para definir o futuro da linha com trajeto Praça Afonso Pena – Passarela da Barra: se o ônibus continuará de forma definitiva ganhando um número ou se será retirado de circulação.

A intenção da Prefeitura do Rio de Janeiro na criação desta nova linha foi a de desafogar as linhas já existentes que seguem pela Tijuca para a Barra da Tijuca passando pelo Alto da Boa Vista, como as de número 301, 302 e 345. Todas, inclusive a linha experimental, fazem parte do Consórcio Transcarioca e são operadas pela Auto Viação Tijuca. A frota da LECD 6 é composta por sete carros pequenos, com apenas motorista, e circula entre 5h e 21h, único ponto de reclamação por parte dos usuários.

“Foi a melhor coisa que a Prefeitura já fez até hoje no transporte público de nossa cidade. O intervalo de espera no ponto de ônibus diminuiu bastante, agora está dando para ir até a minha faculdade sentado nos horários de pico, antes era certo de ir em pé. O único porém que dou para esta linha é o horário de circulação, deveria ir até um pouco mais tarde, visando pegar a maior parte dos trabalhadores no fim de expediente. Torço para que a linha seja aprovada e continue a circular, deixando de ser apenas experimental”, afirma Vitor Rosa, 27 anos, estudante de biologia da unidade Tijuca da Universidade Veiga de Almeida, localizada próxima ao ponto final da LECD 6.

O trajeto da LECD 6 é o mesmo da linha de vans que passa pelo Alto da Boa Vista (confira abaixo as ruas em que o ônibus passa quando está saindo da Praça Afonso Pena e da Passarela da Barra). O valor da passagem nas vans, porém, é R$ 0,25 menor do que o do ônibus por conta de aceitar apenas dinheiro em espécie já que a região ainda não integra o projeto de licitação da Prefeitura do Rio de Janeiro para o transporte alternativo. Mesmo com isto, quem necessita fazer este trajeto está optando pelo ônibus por conta de poder utilizar o cartão de vale-transporte Rio Card.

“Não tenho nada contra as vans, muito pelo contrário, mas os ônibus dão maior segurança ao passageiro. E um fato que conta bastante é o de que o Rio Card não é aceito nas vans e sim nos ônibus, não precisando assim gastar dinheiro em espécie. Estou utilizando esta linha experimental quase todos os dias e fico na torcida para que ela não acabe”, diz o vendedor Roberto de Souza, de 56 anos.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Transportes da Prefeitura do Rio de Janeiro para saber as questões sobre o estudo dos técnicos pela viabilidade da linha experimental LECD 6, mas não obteve retorno até a publicação da matéria.

> Confira abaixo o trajeto da linha experimental LECD 6:

SAÍDA PRAÇA AFONSO PENA:

Praça Castilho França / Rua Doutor Satamini / Avenida Heitor Beltrão / Praça Saens Peña / Rua Conde de Bonfim / Avenida Édson Passos / Praça Afonso Viseu / Rua Boa Vista / Estrada das Furnas / Estrada da Barra da Tijuca / Ponte Nova / Praça Euvaldo Lodi (Passarela da Barra)

SAÍDA PASSARELA DA BARRA:

Praça Euvaldo Lodi (Passarela da Barra) / Ponte Velha / Estrada da Barra da Tijuca / Praça Desembargador Araújo Jorge / Rua Einstein / Avenida Vitor Konder / Estrada da Barra da Tijuca / Estrada das Furnas / Rua Boa Vista / Praça Afonso Viseu / Avenida Édson Passos / Rua Conde de Bonfim / Praça Saens Peña / Rua Conde de Bonfim / Largo da Segunda-Feira / Rua Haddock Lobo / Rua Professor Gabizo / Rua Silva Ramos / Rua Gonçalves Crespo / Rua Afonso Peña / Praça Castilho França

Por David Nascimento – Jornalismo Digital – 6º período

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

0 comentário em “Ônibus que liga Tijuca à Barra agrada usuários, mas permanência é incerta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s