Sociedade

O Rio Maracanã e a polêmica das enchentes

O rio que tem extensão de 8,51km, que equivalem a uma caminhada de ida e volta na praia de Copacabana, vem gerando frustração nos moradores do bairro Maracanã e adjacências no período de chuvas intensas. Pois é sabido que grande carga de poluição dos esgotos domésticos das comunidades vizinhas e a impotência da engenharia cooperam para que as inundações ocorram nos dias de chuvas intensas.

Para o morador do bairro da Tijuca há quarenta e cinco anos, José Tavares, de 60 anos, sempre existiram problemas de enchentes no local. Ele considera que os lixos domésticos e o entupimento dos bueiros são as maiores causas de enchentes no rio Maracanã. “Acredito que o bairro possui alguns problemas de engenharia, mas se os moradores não fizerem a sua parte na conservação dos bueiros, principalmente e no tratamento de esgoto o transtorno com ruas alagadas irá perdurar”.

Mesmo sendo uma das torrentes mais famosas da cidade maravilhosa, ela encontra-se prejudicada pelos excessos de poluição e redução do espaço para o fluxo de água que o fazem transbordar. De acordo com o engenheiro Davi dos Santos, de 45 anos, professor de engenharia da UFRJ, o rio sofreu uma obra de contenção para drenagem que visa soluções técnicas para manter ou restaurar o equilíbrio do volume de água.

Porém essa prática resulta de uma visão técnica incompleta, ou seja, não há um conciliamento no processo de erosão causado pelas águas da chuva. “Para desespero dos engenheiros, chove e choverá sempre, portanto será inevitável controlar a ação das águas das chuvas”.

Por isso torna-se impossível conter a ação da natureza, pois não se sabe quando a maré irá encher a ponto de transbordar o rio. De fato, a poluição, a degradação ambiental e os desequilíbrios promovem ainda mais a questão dos alagamentos nas ruas. “As obras de engenharia apenas amenizam um problema que poderia ser ainda pior caso não houvesse um tratamento de drenagem, mas ajudaria se a população executasse um desempenho mais ecológico” afirma o engenheiro.

Veja alguns casos de enchentes no rio Maracanã nos sites:

http://wwwdeolhonotempo.blogspot.com/2009/02/chuva-forte-faz-rio-transbordar-alaga.html

http://www.favelatemmemoria.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=61&tpl=printerview&sid=7

Alunas: Rafaela Duarte e Vivian Borges

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

1 comentário em “O Rio Maracanã e a polêmica das enchentes

  1. Pingback: Fortes chuvas no Rio causam alagamentos e transtornos aos cariocas | AgênciaUVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s