Agência UVA

Automedicação: razão ou consequência do aumento do número de farmácias?

Alunos da disciplina de Jornalismo Digital falam sobre os perigos da automedicação

A percepção de que há variadas opções de farmácia, muitas vezes, na mesma rua, foi constatada. O número de farmácias aumentou 40% nos últimos cinco anos na cidade do Rio de Janeiro. Diante dessa informação, surge a primeira indagação: “As pessoas estão ficando mais doentes ou as farmácias estão obtendo lucro em cima de um hábito comum de se automedicar?”.

Na grande reportagem multimídia, os alunos abordam questões relacionadas a automedicação, como a consulta de sintomas pela internet, o uso de remédios em casa para evitar ir ao hospital e a preferência em optar pelos medicamentos, ao invés de investir em hábitos saudáveis. “Automedicação: razão ou consequência do aumento do número de farmácias?” foi um trabalho desenvolvido no último semestre (2019.2) para a disciplina de Jornalismo Digital, da professora Daniela Oliveira.

Leia a reportagem dos alunos: Giovanni De Biase, Kali Dinis e Pedro Costa Faria Machado, clicando aqui.

Agência UVA é a agência experimental integrada de notícias do Curso de Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida. Sua redação funciona na Rua Ibituruna 108, bloco B, sala 401, no campus Tijuca da UVA. Sua missão é contribuir para a formação de jornalistas com postura crítica, senso ético e consciente de sua responsabilidade social na defesa da liberdade de expressão.

0 comentário em “Automedicação: razão ou consequência do aumento do número de farmácias?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s