Educação

Alunos e professores debatem tema da redação do Enem 2019

Com o tema "Democratização do acesso ao cinema no Brasil" muitos estudantes foram surpreendidos na hora da redação

Um dos maiores mistérios do Enem com certeza é o tema da redação. Por isso, diversos estudantes costumam fazer listas com potenciais temas que podem cair na prova, que serve como porta de entrada para o ensino superior. Neste ano, não foi diferente. Muitos alunos ficaram surpresos com o tema da redação do Enem 2019, “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”.

A estudante Ana Cláudia Almeida, de 18 anos, não esperava esse tema. Para ela, o assunto é pouco discutido. “Foi um tema totalmente inesperado, por ser uma das questões que o Governo e a mídia não dão muita prioridade e enfoque. Por conta disso, a construção da argumentação se tornou mais difícil e vaga”, lamenta a estudante.

O próximo dia da prova acontecerá no próximo domingo, 10 de novembro.
(Foto: Reprodução/Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Em contrapartida, a estudante Nathália dos Santos, de 19 anos, comenta que gostou do tema. “Eu gostei bastante do tema, pois abrange muitas coisas e isso me ajudou a desenvolver meus argumentos e minha conclusão. Acho que minha maior dificuldade foi começar. Vieram várias ideias e situações, como o acesso ruim para deficientes no cinema e a instabilidade financeira”, comenta Nathália.

O mestre em Estudos de Linguagem, Cláudio Martins, explica quais possíveis argumentos poderiam ser abordados na redação deste ano.

“Uma opinião de que boa parcela das pessoas comungam é a de que falta incentivo governamental no que tange à acessibilidade, para as camadas menos favorecidas socialmente, desse bem cultural. Esse ponto de partida pode levar a discussões sobre: ausência de cinemas de rua, escassez de projetos sociais relativos ao cinema, valorização de centros urbanos em detrimento de regiões periféricas, encarecimento de ingressos, dentre outros possíveis tópicos”, exemplifica o professor.

Cláudio também comenta que os alunos costumam ter dificuldade em escrita pela desvalorização do ensino da Língua Portuguesa.

“No Brasil, a leitura e a escrita são pouco valorizadas na escola, devido ao nosso histórico da educação em língua portuguesa. Essas competências são cruciais para o desenvolvimento de indivíduos críticos e bem formados, todavia acabam ficando em segundo plano. Então, considero que essas habilidades precisam ser melhor pensadas e abordadas em sala de aula”, conclui Cláudio.

Tainá Valiati – 7° período

0 comentário em “Alunos e professores debatem tema da redação do Enem 2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s