Sábado de disputas de cinturão no UFC

Distin Porrier encara o campeão Max Holloway pelo título dos pesos pena, e Kelvin Gastelun enfrenta Israel Adesanya pelo cinturão interino dos pesos médio

Neste sábado (13), em Atlanta, nos Estados Unidos, estarão em jogo dois cinturões do UFC. Na luta principal da noite, o campeão dos pesos pena, Max Holloway defenderá seu cinturão contra a estrela em ascensão, Distin Porrier. Já na penúltima luta, a organização conhecerá o novo campeão peso médio, cinturão vago há mais de um ano, quando o então campeão George St-Pierre anunciou sua aposentadoria. Os candidatos a novo rei dos pesos médio são Kelvin Gastelun e Israel Adesanya, dois grandes talentos da categoria.

A honra dos pesos pena

O havaiano Max Holloway ficou conhecido por derrotar o maior campeão da história da categoria, José Aldo. Ele se estabilizou como o melhor lutador do seu peso, mas ainda enfrenta desconfiança por não ser um lutador que ganha com facilidade, pelo contrário, tem encontrado muitas dificuldades para manter o cinturão em suas mãos.

O treinador de Kickboxing Marcos Fonseca diz que confia numa vitória de Holloway, mas sem desconsiderar a qualidade de Porrier. “O Max é habilidoso, mas as ultimas lutas dele, tirando as com o José Aldo, foram contra adversários abaixo do nível. O Porrier é diferente, pode dar muita dificuldade, talvez ganhe, mas é claro que o verdadeiro desafio para o Holloway seria o Connor McGregor”, explica.

D11smmgU8AEW2XE

Max Holloway na noite em que conquistou o cinturão (Foto: Reprodução/Twitter UFC)

Uma nova era nos pesos médios

A categoria dos pesos médios foi por muitos anos dominada pelo brasileiro Anderson Silva, mas depois de sua derrota para Chris Weidman, o cinturão já circulou pela mão de vários lutadores. Luke Rockhold, Michael Bisping, George St-Pierre, além do já citado Chris Weidman já reinaram na categoria depois de Anderson Silva.

Marcos Fonseca fala sobre a disputa de cinturão dos pesos médios, que parece não ter favorito, “Essa luta tem tudo pra ser uma das melhores do ano, principalmente porque os dois vem de ótima fase. Kelvin é um lutador impressionante, é bem menor que a maioria dos pesos médios, mas tem uma força absurda. Já o Adesanya é um dos mais talentosos do UFC hoje, em todas as categorias, é impossível apontar um favorito, só sei que quem pegar esse cinturão vai ficar com ele por muito tempo”, conclui Marcos.

Daniel Fernandes – 7° Período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s