Criatividade brasileira

O povo brasileiro pode até ter inúmeros motivos sociais para levar uma vida triste, principalmente para quem mora no Rio de Janeiro, mas faz parte do DNA dos cidadãos tirar alegria de situações improváveis.  No terceiro dia de competições no Futebol de 7 não foi diferente. Mesmo com uma temperatura de 37°, sem nenhuma sombra, e um confronto dificílimo pela frente, os torcedores presentes não desanimaram e cantaram, e inventaram, muitas músicas para apoiar os jogadores.

O primeiro jogo do dia, no qual o Irã venceu a Holanda por 2 X 0, não encheu muito devido ao grande calor e a falta de sombra, assim como na partida seguinte. Todavia, esse segundo encontro entre seleções guardou muitas emoções para os presentes. Depois de dois tempos de 15 minutos cada, a seleção americana vencia a partida por 2 X 1, até que nos 5 minutos adicionais, o time argentino – em uma reação impressionante – fez mais dois gols e virou o placar, levando o público ao delírio.

dsc09853

Torcedores animados durante partida. [foto: Iago Moreira/ Agência UVA].

Já muito animados desde o início da tarde, os torcedores foram muito criativos para compor as canções. Enquanto a torcida americana falava “U-S-A, U-S-A…” (em inglês), a brasileira retrucava “EU-NÃO-SEI, EU-NÃO-SEI…” (rimando com o canto dos rivais). Em outro momento, gritos de “Maradona, Maradona…” – em apoio a seleção argentina –, falas de cunho político e até mesmo musicas de apoio ao Flamengo, que vive um ótimo momento no Campeonato Brasileiro, foram ecoados.

Já no meio da tarde, os torcedores assistiram ao jogo entre Irlanda e Grã-Bretanha. O time britânico abriu o placar com o gol mais rápido da competição,  16 segundos. A partir daí a contagem só cresceu. De tanto gritar os torcedores já não encontravam mais forças para comemorar todos as cinco conversões do time da Rainha Elizabeth.

Às 19 horas foi hora de uma nova leva de torcedores chegar ao Estádio de Deodoro para acompanhar a partida mais esperada do dia, Brasil x Ucrânia. Na última edição dos Jogos Paralímpicos o time europeu ficou com a medalha de prata, atrás da Rússia – que não veio neste ano – e o brasileiro terminou na quarta colocação depois de perder para o Irã. Todavia, o fato de estar jogando em casa pode pesar para que nesta edição o resultado mude.

Com a bola rolando, a equipe ucraniana abriu o placar logo aos seis minutos de Jogo após uma falha de marcação da defesa brasileira. E 15 minutos depois o time europeu marcou mais uma vez. Mesmo com a derrota iminente, os torcedores presentes não deixaram de apoiar a seleção nacional. Contando com essa força extra, o Brasil conseguiu converter um gol no final segundo tempo, mas parou por aí e perdeu a liderança do grupo.


Iago Moreira- 6° Período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s