Comemoração do Dia Internacional de Animação ocorre em mais de 200 cidades

Na última quarta-feira (28), Petrópolis e outras 200 cidades do Brasil e 40 países foram sede do maior evento de cinema simultâneo, a 12° edição do Dia Internacional da Animação (DIA). Ocorrido anualmente, a data comemora a primeira projeção pública de imagens animadas no mundo, o filme Pauvre Pierrot exibida por Emile Reynaud no teatro óptico de 1892. O evento foi realizado pela ABCA (Associação Brasileira de Cinema de Animação) com uma sessão de curtas-metragens de desenhos animados nacionais e internacionais. Entre os países que também participaram simultaneamente, estão França, Portugal, Índia, Polônia, Rússia, Hungria, Israel, Egito, Suécia, Canadá e EUA.

logoDIA

O DIA tem objetivo de difundir o cinema de animação nacional em todas as regiões do país, proporcionar o contato do público com o trabalho de diretores brasileiros, estimular debates, revelar talentos, despertar o interesse do público e propiciar o intercâmbio entre filmes nacionais e estrangeiros. Em Petrópolis, quem organizou a exibição dos curtas foi o site Cinema360° que tem o intuito de produzir diversas ações de exibição de filmes dos mais diversos gêneros nos mais diversos espaços, seja em salas, até bares e praças. “É a primeira vez que participamos das comemorações do DIA, e como o nosso foco é justamente a programação que não é contemplada pela cadeia comercial exibitiva, desperta o interesse em colocar Petrópolis no mapa de exibições,” disse Aline Castella da coordenação de exibição do Cinema 360°.

A escolha dos curtas exibidos foram feitos através de uma seleção, apenas neste ano foram inscritos 180 curtas-metragens de todo o país, sendo cinco selecionados para a Mostra Nacional e dez para compor a Mostra Infantil. “Uma das grandes forças do Dia Internacional da Animação é a exibição de filmes não só nos grandes centros, como em muitas cidades do interior do Brasil, fazendo parte do calendário cultural de vários municípios que não tem salas de cinema”, ressalta Fabiano Florez, produtor nacional do evento.

Completando a Mostra Nacional e com o objetivo de resgatar a história do cinema de animação nacional, a coordenação de júri resgatou o filme “O Átomo Brincalhão”, de 1964, produzido pelo diretor Roberto Miller, que abriu o programa brasileiro. Devido ao grande número de filmes e da excelência dos títulos, o júri também propôs uma sessão extra de filmes brasileiros, chamada “Mostra Olhar Brasil de Animação”. A sessão em questão fará parte da programação da Semana UVA de Design, que ocorrerá do dia 3 ao 6 de novembro, onde trará diversas palestras e workshops sobre animação, games, dentre outros.

Mas o evento não para por aí, no decorrer da semana serão realizadas algumas programações de acordo com as especificidades de cada cidade participante. Dentre eles, no Rio de Janeiro, por exemplo, também serão apresentadas mostras com audiodescrição para pessoas com deficiência visual, portadores de Síndrome de Down e Autismo e com janela de libras para pessoas com deficiência auditiva. Gerando a integração cultural em todas as regiões do país, mobiliando diversas comunidades e facilitando a inclusão e o acesso da população à cultura, o DIA traz um panorama da animação brasileira, apresentando curtas de todos os cantos do país e com diferentes técnicas de animação pautado da diversidade de técnicas e linguagens atraindo diversas e idades e contemplando vários gostos.


Junno Sena – 4° período

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s