3º Dia de Evento

O último dia de palestras do Seminário Perspectivas 2015 contou com a participação dos publicitários Afonso Tresdê e Carla Lemose e os produtores editoriais Mário Feijó e Milena Vargas, todos dispostos a divulgar conhecimento e mostrar para o público um pouco mais de suas profissões.

A palestra se dividiu em duas partes, onde Tresdê e Carla iniciaram a tarde com assuntos voltados para os publicitários, onde falaram sobre as “Novas Estratégias de Influência”, logo mais tarde sendo sucedidos pela palestra voltada para o público de produção editorial, onde o tema abordado por Mário Feijó e Milena Vargas foi a “Série para Jovens Leitores”.

Afonso Tresdê, um heavy user de redes sociais.

Especialista em marketing digital e marketing de conteúdo, Tresdê é um dos principais ‘consumidores’ de redes sociais e está sempre ligado a qualquer novo tipo de conteúdo e consumidor. Trabalhando atualmente no Gshow – site de entretenimentos da TV Globo – e produzindo conteúdos para blogs como JovemNerd.com.brPapodeBar.com, o produtor de mídias sociais também já trabalhou em empresas como Artpla, Biruta, OSC, Repense, FLAG, onde atendeu clientes como Coca-cola, Sony e Faber-Castel.

Afonso comentou bastante sobre mídias sociais e como as pessoas podem entender e entrar nesse mundo, como a mídia social hoje em dia traz benefícios, e até renda para algumas pessoas. Contou um pouco sobre a sua história e como a internet mudou a sua vida. Tocou bastante no assunto publicidade como ela influência na vida das pessoas e como a publicidade está completamente presente no mundo atual. Mencionou muito sobre o marketing digital, cintando bastante a maneira de aprender e se beneficiar com esse tipo de marketing.

DSCN2863

“Você primeiro tem que entender como as redes funcionam, para depois entender como é o comportamento das pessoas dentro dessa rede e se informar sobra as maiores tendências do mundo, mercado brasileiro, as novas ferramentas entre outras coisas”, explicou Afonso.

Modices de Carla Lemos

A stylist carioca criou, há oito anos, o primeiro blog de moda do Rio de Janeiro (Modices), atualmente um dos blogs mais influentes do Brasil. Carla conta que sua ideia principal teve como base os conselhos dados para as amigas. “Eu comecei o blog falando o que queria falar para minhas amigas, o que elas queriam de informação sobre mim e o que eu queria compartilhar, não só com elas, mas com mais gente”.

Especialista em consultoria de imagem, antropologia do consumo e negócios de moda, Carla Lemos cursou faculdades de Moda e Publicidade e assinou campanhas e capas de revistas de circulação nacional.

A Blogueira iniciou a palestra, contando como começou e os motivos que a levaram a criar um blog, contou também que ligava para as assessorias de imprensas divulgando seu blog, e juntamente com seu marido, que é fotografo, começou a produzir moda. Em 2010 quando a publicidade finalmente olhou para os blogs e sua primeira ação foi com a Loreal. Carla que foi descoberta por um revista em São Paulo. Primeiramente começou a trabalhar nesse meio e chegou a trabalhar com atrizes como Paola Oliveira. A palestrante mencionou muito a mudança de comportamento das pessoais , dizendo o quanto a internet vem crescendo como mídia social, como publicidade. “ As coisas mudaram. Não é que as pessoas vão deixar de assistir TV, o jeito que elas vão assistir esses conteúdos é que irá mudar. Não é uma questão de substituição é de evolução mesmo”, disse a blogueira.

Mario Feijó e o universo literário

O escritor, e pesquisador do Núcleo de Estudos em Linguagens Gráficas da UFRJ, já publicou diversas obras voltadas ao público juvenil. Atuante nas áreas de Letras e Comunicação, Mario possui mais de vinte anos de experiência no mercado editorial. Cursou mestrado e doutorado em Letras, pela PUC-Rio.

DSCN2882Mario explicou e comentou bastante sobre um dos cursos menos procurados que a área de comunicação social abrange – a Produção Editorial -, que tem como fundamento formar profissionais para as editoras de livros. No Rio – a UFRJ-, e, em São Paulo – a USP -, são duas faculdades que tem como tradição formar esses profissionais, que têm, como principal objetivo, trabalhar em editoras de livros, onde podem exercer várias funções, uma delas a correção de livros chamado de Revisor ou Revisora de textos. O escritor tocou bastante no assunto do trabalho para criar livros para jovens e também sobre importância dos livros para os jovens em mercados como o Brasil. Acrescentou também as diferenças de outros países para o nosso. “Em qualquer país do mundo, o perfil do mercado demográfico é o mesmo do perfil do mercado editorial, se a população é mais velha, a ênfase do mercado é de livros para pessoas mais velhas, se a população é mais jovens, a ênfase do mercado é de livros para pessoais mais jovens, o Brasil não é considerado um pais de leitores, por certos critérios internacionais”, explicou Mario.

Uma viagem pelas editoras com Milena Vargas

Para encerrar o seminário, a editora Milena Vargas, atualmente trabalha como editora da Editora Rocco e também atua como Freelancer na revisão de textos de ficção e não ficção, nacionais e estrangeiros, literários e comerciais em diversas editoras. Milena já viveu experiências em diversos grupos editoriais muito conhecidos do público leitor. Foi Revisora do Grupo Editorial Record, editora assistente na Editora Rocco, e assistente editorial na Editoria Intrínseca.

Milena abriu a palestra contando ao público que foi aluna do escritor, coordenador e também professor Mario e o elogiou, dizendo que  é uma das pessoas que mais sabe sobre produção editorial. A editora que também é formada em Letras, contou que apesar de se formar em Letras já sabia que queria ser editora, explicando as diferenças entre o curso de Produção Editorial e Letras. “O que eu mais gosto de fazer é produção de livro. A minha formação em letras não deixa mentir, eu quero ler o livro, corrigir o português e deixar ele bem bonitinho”, comentou Milena.

Milena que trabalha há 6 anos na área editorial, contou sobre seus trabalhos desde a Editora Record até a atual empresa, a Rocco, uma das maiores editoras no Brasil. Milena brincou com o público dizendo que quando foi convidada para dar palestra imaginou que o pessoal queria que ela falasse sobre Harry Potter – da Rocco -, porém, durante a palestra contou um pouco sobre o impacto de tal obra, o que causou na impressa e o quanto foi positivo para empresa.

Comentou também sobre as diferenças dos livros nacionais e estrangeiros, assim com a diferença entre um livro que faz parte de uma série para um livro normal. “Na verdade uma produção nacional demanda muito mais tempo, o livro estrangeiro é muito mais fácil, muito mais rápido de fazer, porque geralmente esse livro já sofreu uma mudança do editor lá fora a gente tem que se preocupar com a tradução, o nacional é uma produção do zero, o editor tem que estar atento, é uma trabalho em conjunto com o autor e costuma levar bastante tempo para ficar ideal”, conclui a Editora.

O último dia de palestras foi um sucesso, a colaboração do público e dos palestrantes foi excepcional e colaborou para um bom encerramento das atividades do Seminário de Perspectivas Profissionais de Comunicação Social 2015 na UERJ.

Thiago Cortes e Natália Nunes

2 comentários sobre “3º Dia de Evento

  1. Pingback: Comunicação Social: áreas de atuação e seus desafios |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s