Fé e homenagens ao padroeiro da cidade do Rio de Janeiro

sao-sebastiao-11

A cidade do Rio de Janeiro recebe as bênçãos de seu padroeiro durante todo ano. Mas o mês de janeiro é especial. No dia 20 é feita uma homenagem para o santo mais ilustre da cidade: São Sebastião. A origem do nome do município do Rio de Janeiro deve-se ao tributo que Estácio de Sá fez para o Rei Dom Sebastião de Portugal quando este ocupou as terras da cidade.    

A primeira igreja em homenagem ao santo foi construída pelo fundador da cidade, Estácio de Sá, e ficava próxima ao morro do Castelo. Com o passar dos anos e o desmonte desse morro foi criada então a igreja de São Sebastião dos Frades Capuchinhos, na Tijuca. E é neste templo que os devotos vão agradecer as graças alcançadas.

E uma delas é a manicure Maria Dalva que acompanha todos os anos as homenagens a São Sebastião. Há 30 anos ela vai religiosamente à missa e segue a procissão no qual é encenado o martírio do santo. Mas, desde 2003 tem um motivo especial para não faltar ao evento. Pois, ela está pagando uma promessa que fez pela recuperação da saúde da neta, que esteve entre a vida e a morte. “Minha fé aumentou mais com as provas que recebi por meio de São Sebastião”, confessa ela.

A devota Norma Sacramento compartilha da mesma opinião de Dalva. Pois, desde criança ela crê nas graças concedidas pelo santo que tanto bem fez para sua vida. “São Sebastião vem em 2º lugar depois de Deus. Agradeço a ele tudo o que eu consegui”. Mas , apesar do grande número de fiéis que vão todos os anos a igreja dos Capuchinhos, agradecer e receber bênçãos. No ano de 1966 não foi possível a presença deles na festa em comemoração ao santo. Pois o então presidente Castelo Branco retirou o feriado em homenagem a São Sebastião. E como um presságio no dia 20 janeiro aconteceu uma forte tempestade que inundou o bairro da Tijuca provocando um grande desastre.

 Esse fato fez com que, no ano seguinte, o feriado voltasse a vigorar no calendário da cidade. Muitos fiéis acreditaram que aquele dilúvio foi um sinal contra o cancelamento do dia de São Sebastião. Esse episódio comprova a fé que os devotos têm no poder do santo protetor do Rio de Janeiro.

Atualmente as festividades em homenagem ao santo acontecem durante todo o dia 20 de janeiro. A primeira missa do dia será realizada, ás 5:30h. Depois seguem os demais horários. A procissão, que é uma tradição neste dia, acontece com a imagem do padroeiro, saindo da igreja de São Sebastião dos Capuchinhos na Tijuca em direção à Catedral Metropolitana, onde ocorre a bênção da imagem. Em seguida é celebrada a missa solene para encerrar as comemorações a São Sebastião com a presença do Arcebispo do Rio de Janeiro Dom Eusébio Scheid.   

 

 

Igreja de São Sebastião dos Frades Capuchinhos
Rua Haddock Lobo, 266 – Tijuca / Tel.: 2569-2852

Catedral Metropolitana de São Sebastião
Av. República do Chile, 245 – Centro
Tel.: 2240-2669

Aline Batista  • 7º Período

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s