Geral

Anonymous: quem são e os impactos no cenário político atual

Grupo de hackers tem gerado turbulências nos governos americano e brasileiro

O grupo de hackers “Anonymous” surgiu no ano de 2003, para enfrentar uma onda de casos de pedofilia na internet, e encerraram as atividades momentaneamente em 2014. Agora, durante a pandemia, o grupo retornou do hiato para divulgar dados do presidente americano, Donald Trump, e do governo brasileiro.

Em 25 de maio deste ano, o mundo se chocou com o assassinato do americano George Floyd, um homem negro, assassinado por um policial branco do estado americano de Minneapolis, e foi durante esse acontecimento que houve o retorno do grupo de hackers.

O Presidente Donald Trump foi alvo de diversas críticas, por não apoiar manifestações em reação ao acontecido no Estados Unidos. Este posicionamento do presidente gerou raiva em muitas pessoas, incluindo o Anonymous, que divulgou uma suposta ação judicial contra o presidente. A acusação incluía estupro, abuso sexual, e outros crimes.

O presidente americano voltou a falar uma frase dita por ele mesmo durante o período das eleições presidenciais de 2016. Antes de se tornar presidente, Donald Trump disse “I am the law and order candidate”. Agora, ele vem usando o termo “Law and order” em suas redes sociais, para demonstrar ao grupo de hackers e aos manifestantes que ainda é o presidente dos Estados Unidos.

Essa divulgação de dados impactou o governo Trump, próximo das eleições presidenciais americanas. As informações publicadas pelo grupo de hackers são de interesse público, o que pode mudar completamente o resultado da próxima eleição. “É importante ter um debate sobre as transparências de dados, isso ajuda a população na sua tomada de decisão, seja por um voto, por defesa de alguma causa. Dados são importantes para nos trazer informação, conhecimento e elaborar estratégias” conta Adriane Figueirola, professora de Jornalismo.

No Brasil, o alvo foi o governo brasileiro. Foram divulgados CPFs, endereços, número de celulares e dados sobre imóveis da família do presidente Jair Bolsonaro. Dois ministros do atual governo também foram alvos do grupo de hackers: o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, e a Ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Após a divulgação das informações, o Anonymous permaneceu em silêncio até o momento. É esperado que eles retornem no período das eleições presidenciais do Estados Unidos.

Raphael Pimentel

LEIA MAIS: Pesquisador do Museu de Astronomia (MAST) avalia perspectivas do programa espacial americano

LEIA MAIS: Professores recomendam filmes, documentários e livros para a quarentena

1 comentário em “Anonymous: quem são e os impactos no cenário político atual

  1. Pingback: Coronavírus: Brasil registra mais de 1 Milhão de casos confirmados | Agência UVA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s