Esporte

Clubes do Brasil fazem grandes contratações e agitam o futebol nacional

Jogadores renomados no futebol mundial escolhem jogar em times brasileiros e surpreendem os amantes do futebol

Depois da grande apresentação de Daniel Alves com a camisa do São Paulo, nesta terça-feira (6), no Morumbi, com 44 mil pessoas, e com o interesse do Flamengo no atacante italiano, Mário Balotelli, um questionamento tem sido feito no meio futebolístico: O que faz jogadores renomados, muitos com propostas milionárias para jogar em outros continentes, estarem migrando para o futebol brasileiro?

Nos últimos meses, aconteceram outras grandes contratações, como Rafinha e Filipe Luís no Flamengo; Luiz Adriano no Palmeiras; o espanhol Juanfran, ex Atlético de Madrid, que foi para o São Paulo; entre outros nomes que tem uma trajetória reconhecida no futebol mundial. O Brasil, que tem o histórico de vender suas grandes promessas para o futebol europeu e outros continentes, por valores milionários, parece estar voltando a ser uma vitrine para os jogadores.

rib3559_W8Ip4tp
Daniel Alves se emociona ao vestir camisa do São Paulo. (Foto: Divulgação/Marcos Ribolli)

Lista das principais contratações do futebol brasileiro na janela do meio do ano:

Daniel Alves (LD)– Último Clube/PSG (FRA)– Atual clube/ São Paulo

Rafinha (LD)– Último Clube/Bayern de Munique (ALE)– Atual clube / Flamengo

Filipe Luís (LE)– Último Clube/Atlético de Madrid (ESP)– Atual clube/ Flamengo

Juanfran (LD)– Último Clube /Atlético de Madrid (ESP)– Atual clube/ São Paulo

Luiz Adriano (ATA) – Último Clube /Spartak Moscou (RUS)–  Atual clube/ Palmeiras

Adriano (LE)– Último Clube /Besiktas (TUR)– Atual clube / Athletico-PR

Franco Di Santo (ATA)- Último Clube/Rayo Vallecano (ESP)– Atual clube/ Atlético-MG

Ramires (Vol)- Último Clube/Jiangsu Suning (CHN)– Atual clube/ Palmeiras

Para Jonathan Assumpção, de 24 anos, formado em jornalismo, é difícil saber exatamente o que leva esses grandes jogadores a vir jogar aqui no Brasil.

“Uma coisa é certa: não é pelo lado financeiro, visto que na Europa ganhariam um valor elevado. Talvez, seja a paixão pelos clubes, o projeto apresentado ou a certeza de estar indo para um time competitivo, o qual brigará por títulos”, conta Jonathan.

O que mais surpreende para Jonathan é a vinda do lateral espanhol Juanfran. “O projeto apresentado pelo tricolor paulista com certeza foi muito convincente. A chegada de grandes nomes do futebol em equipes brasileiras pode ter influenciado em sua escolha também, visto que o próprio Daniel Alves será seu companheiro de equipe.”

Já para o Engenheiro de Sistemas, Herbert William, a volta desses jogadores se dá pela idade avançada.

“Muitos dos jogadores que vieram para o Brasil já tem acima dos 32 anos. O futebol na Europa exige muito dos jogadores fisicamente pois os jogos são muito intensos. Outro ponto é que por terem uma idade avançada e bastante experiência, a tendência é que sobrem no Brasil. Então eles não terão dificuldade em elevar o nível do clube onde irão jogar e nem precisam de tanto esforço para isso.”

O que os especialistas dizem?

A Jornalista Raisa Simplicio, Editora e Repórter do Brasil Global Tour, acredita que a melhora na estruturação dos campeonatos em que os clubes brasileiros disputam, principalmente voltada para uma forte premiação em todos eles, e as boas gestões de alguns clubes, contribui para esse aumento de jogadores renomados jogando aqui no Brasil.

“Na década 00, havia poucos clubes com uma boa gestão. Hoje esse número é maior, com mais times tendo uma direção e estrutura profissional. Além disso, aqui se oferece o que na Europa é difícil conceder, que é mais de um ano de contrato com jogadores acima de 30 anos. Essa oportunidade de ter mais tempo no contrato é um fator que contribui para a vinda desses atletas com mercado internacional”, diz Raisa.

Sérgio Santana, Jornalista do Lance, Setorista do Botafogo, vê o futebol brasileiro com muito potencial. Ele acredita que, além da questão envolvendo o amor de infância de alguns jogadores (caso do Daniel Alves), muitos deles têm história na carreira pela Europa, mas, por conta da idade avançada, não renovam com seus clubes.

“Às vezes, é melhor brigar por título no Brasil, um futebol reconhecido, pentacampeão mundial, do que assinar com uma equipe pouco renomada da Europa, seja um time que briga para não cair ou uma equipe de divisão inferior”, explica o Jornalista.

Aspecto financeiro dos clubes brasileiros

Para Raisa, a parte financeira preocupa e é uma questão a ser discutida, ainda mais com salários batendo na casa do milhão, algo recente no futebol brasileiro.

“Acredito que parcerias sejam bem-vindas, mas é difícil ver no futebol uma delas dando muito sucesso para que consiga, por exemplo, bancar três anos de contrato do Daniel Alves. Hoje, o que acaba garantindo a possibilidade de alguns clubes pagarem altos salários, é a questão de negociações de jovens atletas”, conta Raisa.

Já para Sérgio Santana, cada caso é um caso. Segundo ele, existem equipes organizadas e desorganizadas aqui.

“Esta parte pode preocupar apenas se um dos times que fizeram grandes contratações não esteja 100% certo de que pode arcar com os custos. É só ver, apenas times com as finanças ajeitadas (São Paulo, Athletico Paraenense e Flamengo) fizeram grandes contratações. É o reflexo da gestão fora das quatro linhas”, explica.

Luhan Alves- 6º Período 

0 comentário em “Clubes do Brasil fazem grandes contratações e agitam o futebol nacional

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s