Aposta de Sucesso Para o Novo EP

Drops 96 é uma banda independente de rock elaborada em 2006, mas originalmente formada somente por Fernando Sampaio e Marcio Quartarone. Os outros quatro integrantes (Fabio Valente, Robson Janser, Thiago Andrade e Bruno Lamas) foram agregados ao longo da carreira e formaram “uma família” como foi colocado pelo próprio Fernando.

O mais recente EP intitulado “Felicidade em estar aqui” fez grande sucesso e repercutiu internacionalmente ao ser masterizado por Bryan Gardner. A alegria foi tanta que o próximo já está nas fases finais de produção.

“A gente lançou o nosso primeiro EP em agosto do ano passado, vai fazer um ano, e agora estamos finalizando o novo. Então ficamos com aquele gostinho de querer o novo, mas lógico, agradecendo tudo que conquistamos com o “Felicidade de Estar Aqui”.

DSC_0075

Quando perguntados sobre quem os inspira, a banda é imparcial: “Cada integrante tem uma influência diferente, os Foo Fighters, por exemplo, são uma inspiração bacana. Mas no fim, a gente junta tudo e forma um som só”.

Suas canções de ótima sonoridade e excelente composição conquistaram diversos fãs ao redor do país. O tour que ocorreu por todo o Brasil até o dia 14 deste mês, teve uma ótima resposta dos fãs que, é claro, não se cansam de ouvir os sucessos do primeiro álbum “A Força” e do EP.

Por: Natália Vieira e Luana Feliciano

Respostas Triunfais

Vitória Fênix é uma cantora de 19 anos que se destaca nas redes sociais por, criativamente, criar novas versões de músicas que contém algum tipo de conteúdo pejorativo às mulheres. As chamadas “respostas” de músicas como “Dublê de namorado” e “rede social” do grupo Nosso Sentimento e “retrô” do grupo Imaginasamba, são postadas por ela em sua página no facebook e possuem, em média, cerca de 400.000 visualizações.

“Todas as músicas de pagode falam de traição. Eu tento colocar algo para que a mulher não fique sofrendo e tenha amor próprio antes de ter amor à alguém.”

DSC_0077

Suas fãs, intituladas as vivinaticas, estão sempre dando suporte à cantora. No último sábado (25) Vitória promoveu um encontro com elas e divulgou sua possível carreira solo em meio a muitas fotos.

Ela contou que esta começando a produzir um CD com músicas de autoria própria com seu marido. “Estamos pensando também em fazer um clipe pra bombar logo com a música”, contou ela, “Não dá pra ficar cantando a resposta em shows por conta dos direitos autorais, então eu pretendo fazer as minhas músicas”.

Ela não pensa em parar com as postagens de suas “respostas” no facebook, pois gosta da originalidade de ser uma das poucas garotas que as postam lá ao invés do youtube. Ao ser perguntada sobre o futuro de sua carreira, Vitória diz que quer seguir carreira no pagode: “É um pouco difícil, mas nada é impossível!”, finalizou com um confiante sorriso.

Por: Natália Vieira e Luana Feliciano

Seu Lugar no Mundo

DSC_0070A nova temporada de malhação “Seu lugar no mundo” já tem enredo, elenco e as gravações estão a todo vapor. Por isso, as atrizes Laryssa Ayres e Amanda de Godoi contam um pouquinho de como é estrear na nova fase da novela teen que acaba de completar vinte anos.

A narrativa vai se passar entre duas escolas rivais, uma bem sucedida (Leal Brazil) e outra mais precária, de baixa qualidade (Dom Fernão), e a história conta justamente com a ideia de ‘como o jovem se comporta em cada ambiente’. É na segunda escola onde as personagens das meninas, que se conheceram nos testes para o programa se tornaram amigas na vida real, vão estudar.

Amanda será Fernanda Tetéu, uma menina namoradeira e atrevida, que vê a vida da forma como ela acha que é certo, gosta de aparecer, ‘pegar geral’, e dispensa estudar. Que a atriz conta não ser muito parecida, mas possuir alguns traços em comum “Eu e a Tetéu a gente é bem diferente, mas ao mesmo tempo a gente tem uma força igual. Ela existe um pouco em mim, senão eu não estaria interpretando, então tem coisa em comum sim, tem que ter.”, e as inspirações pra personagem vieram de duas atrizes já renomadas: Débora Secco, como Darlene, na novela ‘Celebridade’, e Angelina Jolie, no filme ‘Garota Interrompida’.

Enquanto isso a personagem de Laryssa, Jéssica, será uma menina conselheira, mas pronta para um barraco. Sua melhor amiga, Luciana, será interpretada por Marina Moschen, que é estreante na TV, e será a protagonista da trama. “Ela é muito extrovertida, e meio barraqueira, sabe? Aquela menina justiceira, e isso envolve muito a personalidade da galera que frequenta escolas assim como a Dom Fernão.”, conta a atriz, empolgada com seu personagem, que exprime bastante de suas características pessoais “A Jéssica tem muita coisa (em comum), adoro um barraco. Essas coisas de justiça, eu sou muito extrovertida, não paro de falar um minuto, sou muito, assim, alegre. Somos uma só, eu e Jéssica, na mesma linha, então to adorando fazer.”. E sobre inspiração para a personagem a menina conta que não tem uma pessoa concreta “eu não procurei pesquisar ninguém, procurei formular na minha cabeça pra formar a personalidade da Jéssica, mas uma personagem que pode chegar perto é a Fatinha, no jeito ‘super descolado’, aloprado, mas a Jéssica tem muita coisa pra evoluir ainda.”.

Amanda explica um pouquinho da emoção de fazer parte de algo que já marcou tantas gerações e é a “porta de entrada” da Rede Globo “É muito especial, a gente sabe que a malhação é o celeiro da TV globo, a gente chega com esse frio na barriga, mas um frio na barriga do bem, com a responsabilidade de fazer uma parada séria”. Conta a menina, sem esquecer o fato de contracenar com grandes artistas, como Murilo Rosa, que fez participação na temporada de 1995, e Juliana Knust que interpretou a Laura, em 1997 “Com muita gente também que é experiente e ta lá dentro, essa troca entre os novatos e os mais velhos vai ser muito boa”, se empolga a atriz.

Já Laryssa pensa num futuro após malhação, e possui planos a serem seguidos “Eu penso em outros projetos, eu espero fazer meu trabalho e daí partir pra novelas, séries, porque ser atriz é isso né, é andar, caminhar, crescer, então quero ir pra frente”

Quer saber mais? A nova temporada estreia em agosto, tem autoria de Emanuel Jacobina, e direção geral de Leonardo Nogueira. Também é possível conferir novidades e conteúdos exclusivos no site oficial da malhação. E, em breve, a trama tomará conta da sua televisão. Não perca!

Por: Natália Vieira e Luana Feliciano

Palco entre irmãos

“Toda donzela tem um pai que é uma fera”, a peça está em cartaz na sala II, do Teatro Fashion Mall e os atores André e Andréia Segatti conversaram um pouquinho sobre a montagem, onde, pela primeira vez, contracenam juntos. “Trabalhar juntos é maravilhoso. Há a Liberdade de irmãos, porque somos muito amigos, além de termos o mesmo tempo e sintonia. Está sendo muito legal.” Contou a atriz.

A peça já foi interpretada por grandes ícones dos palcos, entre eles, na estreia, em 1961, feita pelo ator Daniel Filho, e, na temporada seguinte, Tarsísio Meira encenava o personagem de Porfírio, atual personagem de André, que garante que apesar da responsabilidade é muito prazeroso e divertido encenar o personagem.

image1

Os irmãos também nos contam que o texto já foi adaptado, há 12 anos, para os tempos atuais, quando foi produzido e dirigido pelo André, que novamente readaptou, considerando que com o passar dos anos, os tempos mudam, as piadas mudam e tudo precisa ser aperfeiçoado.  “A responsabilidade é grande, mas o trabalho está sendo feito com dedicação e empenho, e extremamente positivo, como já foi há 12 anos, quando eu fiquei por quatro anos em cartaz entre Rio, SP, Brasil inteiro, e a peça também foi exposta nos festivais internacionais entre Portugal e Espanha.” Conta o ator que já vivenciou personagens nos palcos, televisão e cinema.

Agora a temporada esta sendo no Rio de Janeiro e ficará até o final de agosto, no Fashion Mall, logo em seguida será feita uma temporada de viagem, São Paulo e depois levando a montagem para a Europa. A peça está em cartaz de sexta a domingo, no teatro Fashion Mall, os ingressos custam de 70 a 80 reais, dependendo do dia da semana.

Por: Natália Vieira e Luana Feliciano

Portadores do Ritmo

Andre Dias Vieira da Gama, ou Andrezão como gosta de ser chamado, é um homem inspirador que criou o projeto “Portadores do Ritmo” para criar música com pessoas portadoras de necessidades especiais. Já funcionando há dez anos ininterruptos, o principal objetivo é a inclusão social e alegria proporcionada através da arte musical.

“Quando eu comecei a trabalhar eu já sabia que era emocionante, e a evolução deles me surpreendeu muito. Eu não vejo as deficiências como um problema a ser lidado, entãDSC_0069o a gente consegue fazer música e eu os vejo super à vontade comigo, o que me deixa muito contente”. Disse o percussionista.

Andrezão já trabalhava com vários tipos de projetos sociais dando aulas em instituições carentes, comunidades e presídios, mas se identificou melhor com a causa dos portadores de deficiência.

“O que me incentivou na criação do projeto foi a vontade de ajudar. Eu tive contato dentro da família também com a minha esposa e logo eu tive vontade de fazer o meu trabalho, dar a minha parte pra sociedade, e fazer meu trabalho com deficientes não só com carentes, mas com todos que quisessem participar”.

Atualmente o projeto possui uma banda permanente (banda Portadores do Ritmo), que se apresenta em qualquer evento para os quais sejam convidados, e esta em atividade na CBAE, Rua Rui Barbosa, 762 – Flamengo, Rio de Janeiro. Para saber mais sobre, é possível encontrá-los na página do facebook intitulada pelo mesmo nome do projeto “Portadores do ritmo”.

Por: Natália Vieira e Luana Feliciano